terça-feira, 26 de abril de 2011

MARGINÁLIA



Consumo
consome
a todos,
nasce e os
anjos colocam
a corrente de
boa sorte!

Mas ao crescer
a ordem do
poder e do
dinheiro no
mundo inteiro
enquadra o
indivíduo que
vai ser rei, trabalhador,
ladrão, bandido,
prostituta, mendigo
ou capitalista!

O plebeu
com a marca
como se marca
gado ou qualquer
animal é rotulado
em um dos lados
e vive para trabalhar
ou cumprir penitência
nas cadeias ou na fome
que corrói no estômago
como aço em fusão!

A Justiça passa
longe da efetividade
e brincam com esse
vulgo que diz amém
sem partido e sem opinião!

Robótico
anda olhando
pro nada e
alimentando-se
como avestruz!

Vida pouca
vida rouca
vida louca
o povo rotulado
de nascença
sem crença
no amanhã!


Autor: Roberto de Araújo

1 Comentários:

Blogger Brasigrega disse...

Tudo se tornou uma grande brincadeira.
Os políticos não se dão ao respeito...
Estamos à deriva de um barco sem capitão!!!
Belos versos, mas triste realidade!
Um abraço

26 de abril de 2011 17:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial