terça-feira, 2 de novembro de 2010

FINADOS - ASCENSÃO AOS CÉUS



De joelhos constrito
faço o pelo sinal.

Curvo-me diante do
túmulo do meu irmão,
do meu pai e minha mãe:
O acervo da minha história.

Chega em mim a energia
forte desses parentes mortos,
principalmente da minha mãe!

Quantos sacrifícios, migrações,
despedidas de familiares nesse
mundão de meu Deus...

Estou aqui e estaremos juntos
no local sem espaço e sem
tempo, que agora admito.

Sinto a verdadeira paz
das almas aos céus sem
loteamentos. Só se ouve
o barulho das arvores
pela ação do vento.

Não sabíamos e hoje
arrependido, da tão
curta aventura como
da fita do cinema!

Saudades...saudades...
O único espólio
que sobejou da vida!


Autor: Roberto de Araújo

2 Comentários:

Blogger eliane fernandes disse...

Este dia é um dia para reflexão. Visitar nossos mortos significa relembrar o que eles fizeram e isso é um reencontro com o nosso passado que é algo de suma importância para o crescimento interior do ser humano. Não há crescimento interior quando não sabemos aceitar nosso passado como ele foi.Aquele que sabe olhar para dentro de si e examina o seu passado é antes de tudo um grande homem.

2 de novembro de 2010 12:39  
Blogger Regina Gomes disse...

Muito significativo para cada coração saudoso de seu ente muito querido e um conteúdo repleto de sinceridade e realidade sem perder toda a emoção que faz parte e irá fazer por resto de nossas vidas. Obrigada amigo Roberto de Araújo.

2 de novembro de 2011 11:51  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial