sábado, 27 de agosto de 2011

O LEITE DERRAMADO

Uma flor encontrada
na poeira da estrada,
com muito jeito e amor
puro do peito foi apanhada
com todo zelo e sem nenhum
apelo logo encontrou sua dona,
que com alegria infantil a colocou
entre os seus cabelos e ela revigorou
toda a cumplicidade daquelas vidas!

Contamos casos de amor
trocamos juras sem fim
e a flor sempre viçosa
parecia ter vindo do paraíso!

Canções brotaram
amores derramaram
histórias se cruzaram,
o mundo parou e a
felicidade mostrou
sua face verdadeira!

Momentos inesquecíveis
a dois, mas a vida lá fora
ficou com inveja e derramou
desilusão,decepção fez mandinga,
criou terror e o amor foi
parar na lata do lixo!

Uma história encerrada,
um leite derramado e o
fim trágico daquilo que
se acreditava verdadeiro,
morreu o amor sem velório,
sem enterro ficou no ar
ou no chão a inscrição:
Aqui jaz o mais puro Amor!


Autor: Roberto de Araújo

1 Comentários:

Blogger Helena Aristoff disse...

Simplesmente lindíssima!!!!!!!

14 de novembro de 2011 17:04  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial